php

Sempre anunciei este blog, como um blog de tecnologia. E com o objetivo de passar uma parte de programação, que acabei nunca tendo tempo. Por esse motivo, passei esse tempo preparando um material relacionado a programação, para compensar o tempo perdido. A medida que for revisando vou liberando ao menos um post por semana, com dicas de php, javascript, jquery.. entre outros.

Bom… sem mais delongas, vamos iniciar.. pelo inicio.

O que é o PHP?

Tem que ter uma historinha né.. mas essa vai ser do meu ponto de vista.

Para mim, é uma linguagem de programação extremamente útil, de fácil aprendizado e de muita capacidade de processamento. Que apesar de aplicações de sucesso, ainda não teve uma aplicação que usasse o seu máximo. E por outro lado, foi usado de formas negativas, com diversas “gambiarras”, com muito código espaguete, e com muitos erros de lógica, que entre outras coisas, lhe gerou uma grande fama de inseguro.

O que preciso para rodar o php?

Para roda-lo, é necessário um servidor web, como apache, nginx, lighttpd. Um conector, que fará esse servidor web processar o código PHP. E o pacote do php.

Não sabe como instalar o servidor web? Pode conferir algumas dicas aqui:
http://viniciusmuniz.com/web-server/

PHP para iniciantes

O PHP entre suas facilidades, que não são poucas. Pode ser misturado ao meio de HTML, de shell script… Para não começar a sua iniciada no PHP (“começar a sua iniciada” foi bom!), com o pé direito. Tente separar ao máximo o código php, de outras tecnologias.

Exemplo de código separado de php:

Óbvio que esse é um padrão que eu tento seguir, mas que não necessariamente, seja o correto. O PHP não lhe obriga um padrão na escrita do código, como o java, o que pode ser uma facilidade se você souber utilizar isto, ou um desastre se não.

Não entendeu nada do código acima né? Vamos com calma.. explicaremos mais abaixo.

O que diz ao servidor, que aquelas linhas são o php? O delimitador “<?php” inicia o código php e “?>” finaliza.

Como é comum, na maior parte das linguagens, o “;”, finaliza um comando. Para quem conhece c ou c++, irá perceber que há uma grande semelhança entre essas linguagens com o php. Isso ocorre pois o php é escrito em c, e baseado no mesmo.

O php possui muitas funções, e uma grande mistura e falta de padrão nos argumentos. Para facilitar o aprendizado do php. Utilize sempre o site oficial do php php.net. Utilize para buscar funções que não conheça, como o foreach basta acessar php.net/foreach

Foreach

Como prometido, a explicação do código. O foreach é a forma mais simples de se percorrer um array, ele é composto da seguinte forma, a primeira variável é o array a ser percorrido, e o segundo a variável que receberá os dados a cada iteração do foreach, pode se utilizar o foreach recebendo a chave da iteração:

Dessa forma se pode controlar qual a chave, e fazer alterações direta no array percorrido, utilizando se da chave no próprio array.

Até a próxima! No próximo post, descreverei algumas formas de ler e escrever arquivos. Formas super simples, a forma clássica, herdada dos códigos em c. E as facilidades do php.

Written by vinicius